Selo Pequeno Principe

41. 3014-3009

#
#

6 exames essenciais para um recém-nascido

08 junho 2021

Alguns dos exames essenciais para um recém-nascido podem ser feitos ainda na maternidade

 

Sabemos que a gestação é repleta de exames e consultas que parecem não ter fim, mas todos estes procedimentos são necessários para assegurar a sua saúde e a do seu bebê. Com os exames em seu recém-nascido não é diferente.

Eles podem diagnosticar doenças não detectáveis no pré-natal, oferecendo tratamento precoce e eficaz para que seu filho tenha mais qualidade de vida. 

São seis os exames essenciais para um recém-nascido fazer: o teste do pezinho, da linguinha, do olhinho, da orelhinha, do coraçãozinho e tipagem sanguínea.

Conheça a função de cada um deles a seguir:

 

Teste do pezinho: Este é sem dúvidas, um dos mais conhecidos. O teste do pezinho é feito entre o segundo e quinto dia de vida, a partir da coleta de algumas gotinhas de sangue da sola do pé do seu bebê e pode diagnosticar até 40 doenças. Por padrão, o teste realizado tem o objetivo de detectar 4 enfermidades principais. 

Anemia falciforme: Esta é uma doença hereditária e genética que pode causar fadiga intensa e dores muito fortes, além de ser responsável pelo atraso no crescimento da criança, problemas pulmonares, cardiovasculares e neurológicos. 

Fibrose cística: Ainda que se alimente corretamente, a criança com fibrose cística pode ter problemas para absorver nutrientes e ganhar peso. Além disso, essa doença ainda provoca mau funcionamento dos pulmões, intestino, sistema digestivo e pâncreas. É uma doença crônica porém com o devido tratamento e acompanhamento, permite à criança um bom desenvolvimento. 

Fenilcetonúria: Uma desordem genética que pode provocar danos cerebrais, convulsões e deficiência intelectual devido à diminuição da atividade da enzima hidroxilase. 

Hipotireoidismo congênito: Outra doença hereditária que anula a produção do hormônio T4. A ausência dele impede que o bebê tenha o correto desenvolvimento físico e mental, além do crescimento adequado e a diminuição do metabolismo. 

 

Teste da linguinha: Feito entre o segundo e terceiro dias de vida, diagnostica possíveis problemas no frênulo lingual que pode dificultar a amamentação devido a problemas em falar, engolir, mastigar e sugar. A chamada língua presa afeta também a fala. 

 

Teste do olhinho: Além de rápido e indolor, o exame feito no segundo dia de vida do recém-nascido tem como objetivo diagnosticar diversas doenças oculares como a catarata infantil, estrabismo, retinoblastoma e glaucoma.

O teste é negativo quando uma luz projetada nos olhos da criança reflete avermelhada, amarelada ou alaranjada. Mas se tiver a cor branca ou refletir de modo diferente, o pediatra deverá encaminhá-la para avaliação. Saiba mais sobre as doenças oculares citadas acima:

Estrabismo: É uma doença que afeta o músculo ocular e faz com que os olhos não consigam olhar para a mesma direção ao mesmo tempo. 

Retinoblastoma: Predominante em crianças, é um câncer que se desenvolve na parte de trás do olho (retina). Para melhores chances de recuperação, o tratamento deve ser precoce. 

Catarata infantil: Pode afetar a visão do seu bebê de maneira significativa. Nem todo bebê que nasce com catarata precisa de intervenção cirúrgica. É preciso que uma avaliação meticulosa detecte a necessidade de operar a remoção ou não. 

Glaucoma: Uma condição rara em bebês mas que pode afetar ou até mesmo anular a visão da criança, levando à cegueira. É causada pela má-formação dos dutos de drenagem dos olhos e aumento da pressão ocular, necessitando de tratamento imediato. 

 

Teste da orelhinha: Um teste simples, rápido e indolor, feito entre o segundo e terceiro dias de vida enquanto o bebê dorme. Leva cerca de 10 minutos e avalia, com o auxílio de um aparelho, a capacidade auditiva do recém-nascido. 

 

Teste do coraçãozinho: O exame feito entre o primeiro e segundo dias de vida do recém-nascido é indolor e tem como objetivo detectar qualquer anormalidade congênita no coração do bebê. O teste indolor é feito com a ajuda de um oxímetro em formato de pulseira colocado no pulso do bebê. 

 

Tipagem sanguínea: O exame feito nas primeiras 24h de vida tem o objetivo de detectar qual a tipagem sanguínea do bebê, bem como eventuais incompatibilidades entre mãe e bebê. Este simples teste também pode ajudar a detectar um possível quadro de icterícia neonatal.  

 

É importante ressaltar que todos estes exames essenciais para um recém-nascido podem ser feitos gratuitamente pelo SUS ou, caso a gestante opte, via rede particular de atendimento. Eles são essenciais para assegurar a qualidade de vida e pleno desenvolvimento do seu bebê. Não deixe de fazê-los!

Receba nosso newsletter

Cryogene® - Criogenia Biológica Ltda.

Rua Olavo Bilac, 524 - Batel - Curitiba - PR - CEP 80440-040

Fone: (41) 3014-3009

Entre em contato

Fone: (41) 3014-3009 | cryogene@cryogene.com.br

Facebook Explay Web Agency