Selo Pequeno Principe

41. 3014-3009

#
#

Ansiedade de separação: como diminuir?

01 outubro 2021

Não fique aflito, nós vamos te ajudar a diminuir a ansiedade de separação

A ansiedade de separação é uma fase normal que todo bebê passa. É um sentimento de abandono que o bebê começa a ter quando está separado dos pais. Vocês não precisam se sentir culpados. Geralmente você pode começar a perceber os sinais a partir do sexto mês de vida, tendo o pico entre o 10º e o 18º mês. O comportamento é comum pois neste momento o seu filho começará a perceber que você e ele são duas pessoas diferentes. 

No entanto, sabemos o quanto pode ser difícil ouvir os choros. O primeiro impulso é sempre voltar correndo e estar presente em todos os momentos, mas isso pode intensificar ainda mais esse sentimento de ansiedade a cada vez que você precisar estar longe do bebê. A dependência pode se tornar forte a ponto de não poder haver qualquer afastamento, dificultando até mesmo as tarefas mais simples do dia a dia. 

Para que isso não aconteça, vamos te dar algumas dicas:

 

Para diminuir a ansiedade de separação, tudo começa com pequenos passos

Entre os 4 e 10 meses, se você precisar se ausentar, pode ajudar a diminuir a ansiedade de separação ao não deixe o bebê com alguém desconhecido. Dê preferência para pessoas do convívio diário. Se isso não for possível, é importante praticar a aproximação. Deixe que outra pessoa interaja com ele, mas sempre estando por perto. Quando ele se acostumar, as ausências podem começar. Se nessa fase ele começar a engatinhar, fique um pouco distante e deixe que ele vá até um outro cômodo seguro. Apenas após algum tempo, vá atrás. Assim ele saberá que você pode estar distante mas vai voltar. 

Brinque de esconde-esconde com as mãos. Esse é um pequeno treino onde ele vai começar a entender sobre a ausência. 

 

Já entre 1 e 2 anos, a criança começa a ter mais consciência e entender a linguagem usada pelos pais. Nunca saia de fininho. Despedir-se pode ser difícil mas será pior se você sair escondido. Faça a despedida de maneira positiva, sem nervosismos. 

Após os 2 anos a ansiedade tende a amenizar. Se mesmo assim o seu filho ainda estiver ansioso, se ausente por períodos curtos e volte. Caso tenha dificuldades em deixá-lo na escola pela ansiedade, pergunte se a escola aceita que ele leve seu brinquedo favorito. Vai ajudar a diminuir os sentimentos negativos e facilitar a adaptação. 

 

Mas atenção, caso você perceba sintomas como vômito, náusea, diarreia, falta de ar, agressividade ou medo em excesso ligados ao período de afastamento, é importante consultar um especialista. Estes são indícios que podem estar ligados ao Distúrbio da Ansiedade de Separação.

E seus filhos, como lidam com o processo de separação?

Receba nosso newsletter

Cryogene® - Criogenia Biológica Ltda.

Rua Olavo Bilac, 524 - Batel - Curitiba - PR - CEP 80440-040

Fone: (41) 3014-3009

Entre em contato

Fone: (41) 3014-3009 | cryogene@cryogene.com.br

Facebook Explay Web Agency