Selo Pequeno Principe

41. 3014-3009

#
#

A depressão tem origem genética? Descubra

08 outubro 2021

Quando uma família tem diversos casos de depressão, uma dúvida existe: a depressão tem origem genética?

 

Primeiro, vamos diferenciar a depressão de uma melancolia temporária. A depressão é um quadro de tristeza profunda que abala todos os campos da vida de uma pessoa, em alguns casos pode até mesmo chegar ao suicídio. A diferença entre ela e a melancolia temporária, é que a depressão não precisa ter uma causa aparente e absolutamente nada consegue tirar o paciente desse estado, enquanto na melancolia temporária o quadro pode ter origem em um evento específico e geralmente é revertido sem intervenção médica. É por isso que muitas pessoas não entendem como alguém que possui dinheiro e status pode sofrer de depressão. A raiz é mais profunda. 

Entretanto, ter depressão não é uma sentença de que a vida dessa pessoa será um eterno cinza. Existem alternativas de tratamento, como qualquer outra doença, e que precisam ser seguidas seriamente. 

Estranhamente, algumas famílias parecem ter mais pessoas afetadas pela depressão do que outras, o que levou estudiosos a buscar uma resposta para a aparente causa genética, e a resposta foi surpreendente.

 

Sim, a depressão tem origem genética

Porém aqui é preciso fazer um adendo. Quando falamos em origem, estamos querendo dizer predisposição. A predisposição nada mais é do que uma probabilidade maior de esta pessoa ter uma determinada doença se comparado ao restante da população. Ou seja, não obrigatoriamente ela terá depressão. 

Um estudo indica que as chances de uma pessoa com predisposição genética à depressão desenvolver um quadro dessa doença é de 15% em relação à população não afetada geneticamente. Outros fatores que podem levar um indivíduo a ser depressivo incluem estresse no trabalho, na escola ou em casa, além de doenças como câncer, problemas cardíacos, mal de Parkinson e fatores psicológicos. 

Isso não isenta pessoas sem histórico familiar de desenvolver a depressão. Apenas dá a elas uma probabilidade menor. 

 

Quais são os principais sintomas da depressão?

 

É preciso ficar atento caso você identifique alguns desses sintomas em si mesmo ou em pessoas à sua volta: 

 

  • Alterações no sono ou no apetite;
  • Sentimentos constantes de tristeza, desânimo e “vazio”;
  • Problemas de memória;
  • Dificuldades de raciocínio e para tomar decisões;
  • Desesperança, irritabilidade e pessimismo;
  • Dores físicas persistentes mesmo com tratamento (problemas intestinais, dores crônicas e dores de cabeça);
  • Pensamentos de morte ou suicídio.

 

Para procurar ajuda, não precisa ter todos os sintomas. É preciso lembrar que a depressão é uma doença normal, tal como a diabetes, a gripe e tantas outras, seja ela com causa genética ou não. 

Olhe para si mesmo com carinho. Ao menor sinal, procure ajuda.

Receba nosso newsletter

Cryogene® - Criogenia Biológica Ltda.

Rua Olavo Bilac, 524 - Batel - Curitiba - PR - CEP 80440-040

Fone: (41) 3014-3009

Entre em contato

Fone: (41) 3014-3009 | cryogene@cryogene.com.br

Facebook Explay Web Agency