Selo Pequeno Principe

41. 3014-3009

#
#

Técnica pode permitir regenerar o cérebro utilizando células-tronco

29 abril 2013

Pesquisadores do Karolinska Institutet, na Suécia, realizaram uma tentativa experimental de regeneração cerebral em camundongos e ratos utilizando tecidos e órgãos derivados de células-tronco.

Nos ensaios experimentais, a equipe, liderada por Paolothumbs Macchiarini, investigou a possibilidade de substituir matéria cerebral danificada por um trauma grave a partir de eventos como acidentes de trânsito, ferimentos por arma de fogo ou cirurgia.

O objetivo é trocar a matéria cerebral perdida por uma substância cultivada à base de células estaminais e, por sua vez, evitar o dano neurológico.

A tentativa experimental que foi testada em ratos e camundongos tem mostrado resultados positivos.

Macchiarini e seus colegas planejam agora usar a técnica para recriar tecidos mais complexos, como o esôfago e diafragma ou órgãos como o coração e os pulmões.

Em junho de 2011, o mundo tomou conhecimento de um transplante inovador, em que o paciente recebeu uma  coberta de suas próprias células estaminais. O resultado foi uma traqueia artificial com funções biológicas. Até à data, cinco operações foram realizadas utilizando esta técnica.

“Nós aprendemos alguma coisa com cada operação. Isto significa que podemos desenvolver e refinar a técnica. Também estamos avaliando como podemos transferir nossas experiências para outros campos, como a neurologia. O objetivo é fazer tanto uso potencial de cura do próprio corpo quanto pudermos”, afirma Macchiarini.

Na, em Boston, Macchiarini vai falar sobre como ele acredita que a tecnologia pode ser usada no futuro. Isto incluirá:

o plano para operar em uma menina de dois anos de idade nos EUA em março. A menina nasceu sem uma traqueia e viveu toda a sua vida na UTI, onde respira através de um tubo colocado no esôfago e conectado diretamente aos pulmões. Sem uma nova traqueia, ela nunca será capaz de deixar o hospital.

Esta será a primeira vez que o procedimento vai ser realizado em uma criança pequena. Também é a primeira vez que o procedimento pode ser efetuado em um indivíduo sem traqueia, já que anteriormente, órgãos doentes foram substituídos;

existem também planos para transplantar o esôfago, um órgão que é mais complexo do que uma traqueia, pois tem músculos.

 

Fonte: Portal LJ | Foto: divulgação

Receba nosso newsletter

Cryogene® - Criogenia Biológica Ltda.

Rua Olavo Bilac, 524 - Batel - Curitiba - PR - CEP 80440-040

Fone: (41) 3014-3009

Entre em contato

Fone: (41) 3014-3009 | cryogene@cryogene.com.br

Facebook Explay Web Agency