Selo Pequeno Principe

41. 3014-3009

#
#

Células-tronco podem ser cura do autismo

01 novembro 2017

Participantes de testes pela cura do autismo que utilizaram células-tronco apresentaram melhora na comunicação social e menor sensibilidade sensorial e comportamentos repetitivos.

cura do autismo

cura do autismo

A combinação de medicina regenerativa e modelagem de doenças com base em células-tronco vêm despertando cada vez mais interesse. A Universidade de Duke, nos Estados Unidos, realizou o principal teste envolvendo terapias com células-tronco.

O estudo aceita apenas crianças que tenham células-tronco armazenadas do cordão umbilical, porque investiga o uso dessas células no tratamento do autismo. Todos os exames até o momento estão em fases de teste em ensaios clínicos gratuitos.

O AUTISMO

O Transtorno do Espectro Autista (TEA), ou autismo, é o nome dado a transtornos no desenvolvimento que possuem duas características-chave: comportamentos repetitivos e dificuldades de interação social.

Os tratamentos para o autismo envolvem abordagens comportamentais combinadas com medicação, mas sem grandes expectativas de cura. Doenças que afetam o cérebro permanecem um desafio para a medicina.

CÉLULAS-TRONCO NA CURA DO AUTISMO

Pesquisas com células-tronco possibilitam o acompanhamento em muitos pacientes diferentes, para tentar entender as causas e características moleculares de cada apresentação de autismo.

Pesquisadores brasileiros têm realizado um grande trabalho nesse campo. O projeto Fada do Dente, da Universidade de São Paulo, usa células-tronco do dente de leite para entender melhor o autismo. (saiba mais aqui: http://projetoafadadodente.org.br/ )

Essas células podem ser induzidas em laboratório a se transformar em neurônios, com as mesmas características dos neurônios do paciente. Com eles é possível estudar as bases moleculares do autismo e até descobrir novos medicamentos.

Pesquisas apontam a possibilidade de o autismo estar associado com disfunções no sistema imune. Caso comprovadas, células-tronco mesenquimais podem ser úteis no tratamento, por apresentarem propriedades anti-inflamatórias.

Outra possibilidade é a formação de conexões sinápticas, em falta no cérebro de pacientes com autismo, por meio de células-tronco injetadas.

CONHEÇA A CRYOGENE

Saber que as células tronco de seus descendentes poderão ser armazenadas em um banco seguro e confiável – e prontas para serem utilizadas em tratamentos – é a maior motivação para a contratação dos serviços da Cryogene.

Ainda não sabemos a que ponto a tecnologia chegará, mas hoje já vemos aplicabilidade das células tronco em tratamentos de saúde e a cada ano novidades são apresentadas.

Saiba mais aqui!

Receba nosso newsletter

Cryogene® - Criogenia Biológica Ltda.

Rua Olavo Bilac, 524 - Batel - Curitiba - PR - CEP 80440-040

Fone: (41) 3014-3009

Entre em contato

Fone: (41) 3014-3009 | cryogene@cryogene.com.br

Facebook Explay Web Agency